O poder baseado na força se perpetua, enquanto consegue ser sedutor. Para tanto, aperfeiçoa os mecanismos de atrair e envolver suas próprias vítimas.

Uma forma de calar a boca da revolta e, colocar os opositores na defensiva, é promover uma fartura periódica para os famintos – planos, abonos, prêmios, assistências… Como não só de pão vive o povo, tratam também de multiplicar espetáculos que enchem os olhos, curam a mente, deleitam a fantasia e canalizam a explosão das energias acumuladas.

Uma invenção, sempre recriada é o convite à participação; às vezes, chamada também de parceria. Não se trata, é claro, da participação como a oportunidade de SER PARTE, de SER SUJEITO, de igualdade de direitos, de espaço de decisão. Essa participação tem o conteúdo da CO-LABORAÇÃO. (Colaborador virou um termo militar para referir-se às pessoas que, numa ocupação territorial, aceitam prestar serviços aos invasores). Participar, então, tem o significado de passar para o lado de quem detém o poder, de alguém achar que foi admitida como cúmplice, na turma que arquiteta os planos. Sempre pode ser o pacto da mediocridade com adesão interesseira a uma proposta, sob a justificativa de pragmatismo, tolerância, diálogo, democracia… Nos dois casos, é uma cooptação que esvazia a pressão pelos direitos e ilude os anseios e a disposição das pessoas e da população. E, por não reconhecerem a PRESENÇA DA OUTRA PESSOA, com igualdade de poder, não passam de estratégias recicladas de dominação.
Em tempo – participar nas eleições seria ser trouxa?

junho de2006.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I