Sucesso não se aproveita sozinho. Com as polêmicas sobre o livro, uma verdadeira franquia de documentários seguiu-se nos últimos dois anos, seja para desmistificar os assuntos abordados por Dan Brown em O Código da Vinci como, também, para debochar do autor e tentar classificar tudo como falácia e mentira.

O pioneiro e um dos mais famosos é “Decifrando o Código da Vinci” (Cracking the Da Vinci Code, 2004), dirigido por Simon Cox e disponível no Brasil em DVD. Vale realçar que o documentário também é baseado no livro homônimo, lançado um ano após a obra original de Dan Brown, de autoria de Peter Jones e do Reverendo James L. Garlow. Para decifrar as tramas conspiratórias de Brown, a narradora Susan Davies conversa com autores e estudiosos que, supostamente, serviram de inspiração para O Código da Vinci.

Também disponível em DVD é “O Código da Vinci – Revelado”, produzido pela National Geographic e lançado por aqui pela Playarte. O documentário investiga o sucesso de vendas mundial do livro de Dan Brown. A distribuidora o classifica “o mais completo documentário sobre a polêmica criada pela publicação O Código Da Vinci”. No site oficial – www.playarte.com.br – é possível comprar o disco ou procurar em locadoras.

Quem deseja se aprofundar ainda mais nas pesquisas, deve procurar em sites estrangeiros de comércio eletrônico para encontrar outros documentários que ainda não chegaram ao Brasil. O mais destacável é “The Real Da Vinci Code”, uma verdadeira epopéia de quase duas horas, pela qual o apresentador Tony Robinson tenta refazer o percurso de Dan Brown e do próprio personagem Robert Langdon no desenvolvimento das histórias e nas pesquisas que, supostamente, embasaram os fatos históricos abordados.

O documentário narrado por Tony Robinson é um prato cheio para quem não gostou do livro ou não simpatiza com o autor mas, infelizmente, peca pelo excesso de deboche. Logo no início, uma cena ridicularizada da passagem bíblica da Santa Ceia já revela ao espectador o que está por vir. Não à toa, o apresentador Tony Robinson é bastante conhecido no Reino Unido, justamente, por papéis cômicos. Ele conseguiu reunir um perfil sério durante as filmagens, mas intencionalmente sem deixar de lado as pitadas de deboche. Durante as andanças de Robinson, ele entrevista uma série de historiadores, escritores e religiosos que, ponto a ponto, tentam jogar por terra toda a história sobre o Priorado de Sião, o Santo Graal e até mesmo referências a bibliotecas e templos citados no livro. É uma aventura e tanto, mas com uma parcialidade que pode ser resumida na frase do apresentador durante uma das viagens de trem: “A história de O Código Da Vinci é interessante, faz todo o sentido, tem argumentos sólidos, mas a verdade é que é apenas… lixo”.

Outra boa opção é “Origins of the Da Vinci Code – The Hidden Story” que na verdade nem chega a ser um documentário sobre a obra, mas apenas pega carona no sucesso do livro de Dan Brown. A notícia boa é que você conhecerá histórias sobre lugares e pessoas reais, que não foram abordados no livro. Com participação dos escritores e pesquisadores Henry Lincoln e Erling Haagensen, o visual é de tirar o fôlego e o desenrolar sacia muitas curiosidades, a começar pela cultuada região de Rennes Le Chateau, na França, onde se supõe haver começado todas as teorias sobre o Santo Graal. Os diretores fizeram bastante uso de fotocópias nas filmagens, além de amplicações de livros para explicar códigos cifrados e uma série de fotos históricas. É monótono, mas excelente para quem gosta de História e teorias matemáticas.

À venda no Brasil, “Desmascarando o Código da Vinci” (Unlocking Da Vinci¿s Code) é apresentado por Patrick Macnee e leva o espectador para dentro da cabeça de Leonardo da Vinci, em uma tentativa de mostrar um pouco mais da genialidade do mestre que usava códigos e criptografias em várias de suas obras. Para quem gosta de cálculo, há passagens bem interessantes sobre a matemática e geometria perfeitas nos desenhos de Da Vinci, mas quase metade do documentário aborda os mesmos temas do “Origins of the Da Vinci Code” no pequeno vilarejo francês de Rennes Le Chateau, só que de forma mais superficial. Vale pela curiosidade

( 30.05.2006)

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I